Administração Direta

O governo executa suas ações por meio de sua Administração Direta e Indireta. A Administração Direta engloba os órgãos que integram a União, os Estados, o Distrito Federal ou Municípios com a atribuição de executar os serviços de interesse público. No âmbito estadual está o Gabinete do Governador e suas respectivas Secretarias, como a Secretaria de Educação, Saúde, Defesa Civil etc.

Administração Financeira 

É a atividade de administrar os recursos públicos ou privados.

Administração indireta

Quando não pretende executar determinada atividade através de seus próprios órgãos, o Poder Público transfere a execução dessas atividades para outras entidades que compõem a Administração Indireta. No estado de Pernambuco temos como exemplo de Administração Indireta os órgãos conhecidos como autarquias (CPRH, DER), sociedades de economia mista (FUNDARPE), empresa pública (EMPETUR) e fundações públicas (HEMOPE), que vão auxiliar o governo no desempenho de certas ações.

Administração Pública

É toda atividade que o Estado ou qualquer ente por ele criado exerce para atingir seus fins.

Amortização da Dívida

É a diminuição do valor total de uma dívida que ocorre quando o devedor realiza o pagamento de parcelas do seu débito.

Amortização de Bens

É a diminuição, ao longo do tempo, do valor que foi aplicado para a compra de bens que não possuem existência física (a marca de uma empresa, a fórmula de fabricação de um produto, etc.).

Amortização de Empréstimos

Quando se toma um empréstimo, cada parcela que se paga diminui a dívida total. Essa redução da dívida é o que se chama de amortização.

Ano Financeiro

É mesmo que Exercício Financeiro que, no Brasil, coincide com o ano civil, iniciando-se em 1º de janeiro e terminando em 31 de dezembro.

Anulação do Empenho

É o cancelamento, total ou parcial, de um determinado montante em dinheiro que havia sido oficialmente reservado, por uma entidade, para pagamento de uma despesa específica (obras, serviços, aquisição de bens, etc).

Arrecadação

É quando o Estado recebe dos contribuintes, através das repartições fiscais ou dos bancos autorizados, os valores que lhe são devidos, quer sejam multas, tributos ou qualquer outro crédito.

Atividade Econômica

É uma atividade que produz uma movimentação econômica sem se utilizar, necessariamente, de lucros.

Ativo

Representa a parte positiva do patrimônio da empresa (Patrimônio Bruto) composta por bens e direitos.

Ativo Circulante

Ativo Circulante é representado pelo dinheiro da empresa (em caixa ou em bancos) e pelos seus bens, direitos e valores a serem recebidos no prazo máximo de um ano.

Ativo Compensado

É um tipo de conta em que são registrados atos praticados pelo administrador, que não alteram o patrimônio de imediato, mas que no futuro poderão vir a afetá-lo, por exemplo, bens da empresa dados em garantia para recebimento de um empréstimo.

Ativo Financeiro

É o dinheiro disponível em caixa ou depositado na conta corrente da empresa.

Ativo Líquido

É quando a empresa possui um saldo positivo após os valores do ativo terem sido utilizados para pagar as dívidas contidas nos valores do Passivo, ou seja, a empresa após pagar todas as suas contas ainda possui dinheiro em caixa.

Ativo Patrimonial

Apresenta aquilo que a empresa tem e que pode utilizar na sua atividade e aquilo que a empresa deve num determinado momento.

Ativo Permanente

É tudo o que a empresa não tem intenção de vender no curto prazo, como prédios, móveis, máquinas e equipamentos.

Ativo Realizável a Longo Prazo

Integra os bens ou direitos que só poderão ser convertidos em recursos financeiros para a empresa após o término do ano seguinte ao da elaboração do balanço. Ex: animais que ainda estão em criação, bens que necessitam de um longo período de produção, etc.

Autarquia

São entidades criadas pela União, Estado ou Municípios para desempenharem atividades públicas específicas. Exemplos: INSS, INCRA, etc.